Tag Archive | Pessoas

Fitzgerald e o sonho de uma época.

Um dos escritores americanos mais renomados do século XX, Scott Fitzgerald sabia como ninguém retratar o espírito da década de 20. Passados quase 100 anos desde que Fitzgerald lançou seu primeiro livro, This Side of Paradise (Este Lado do Paraíso), o post de hoje é dedicado às citações do escritor que andam circulando pela internet.

Ainda atual, suas palavras falam conosco e geram identificação.

95aa26525eb2bb0854029a0a83a78dd5

b34d5b5748f6926c92b49ef1146846ad 5afa533afaa1fa012e3287117e450c13 dd78d9057736bfe66adf591968ee61a7

c03ee10d228ccab3f6bc29a1f3d93d48 e5e2ee6b6c6e67816ccdd1decb77f4f3

Poesia de olhares

Terça-feira, chuva fina e nos fundos do Museu Histórico de Santa Catarina, Palácio Cruz e Sousa, algumas luzes lilázes criavam um cenário contemporâneo para o fotógrafo francês Marc Riboud

Nascido na cidade de Lyon e veterano da Segunda Guerra Mundial, dos combates de Vercors, Riboud estudou engenharia e chegou a trabalhar numa fábrica antes de dedicar-se à fotografia. Viajou pelo Oriente Médio, Afeganistão, Índia, China, a antiga URSS e cobriu eventos como a independência da Argélia e da África negra. Tendo o trabalho exposto em diversos museus, recebeu 2 prêmios do Overseas Press Club, o Time-Life Achievement, o Lucie Award, o ICP Infinite Award e o Sony World Photography Award.

 

Marc Riboud

Marc Riboud

 

A exposição mostra desde o bom humor do fotógrafo ao registrar detalhes como neve sobre as pedras da porta de casa, casais dançando, um pedaço do povo brasileiro até cenas históricas como a jovem americana em frente ao Pentágono num protesto contra a guerra do Vietnã.

 

Washington, Estados Unidos, 1967

Jovem em frente ao Pentágono

 

Um olhar sincero e poético que permanecerá no salão do museu de 15 de maio a 17 de junho. Uma parada necessária naquelas voltas pelo centro em que podemos viajar um pouquinho pelo mundo com o silêncio do casarão.

E o The Cook-Room Ideas esteve hoje no Vernissage vendo de perto as fotos e fazendo algumas outras para mostrar um pouquinho do está rolando por lá.

 

Uma das seções da exposição

Uma das seções da exposição

 

Pris e Will. A Pris ajudou na organização da expo e o Will foi junto como bom amigo que é!

Pris e Will. A Pris ajudou na organização da expo e o Will foi junto como bom amigo que é!

 

Salão do Palácio Cruz e Sousa

Salão do Palácio Cruz e Sousa

 

Arredores do Museu

Arredores do Museu

 

Fundos do Museu

Fundos do Museu

 

Detalhe

Detalhe

 

Realizado pela Aliança Francesa junto ao Ministério da Cultura, os horários para visitas da exposição são de terças às sexta-feiras, das 10h às 18h, e aos sábados e domingos, das 10h às 16h.

Before I Die

O que fazer com uma casa abandonada numa vizinhança de New Orleans? Para essa garota, Candy, que sonhava alto, e provavelmente era super fã de listas,  transformar uma fachada em um grande quadro-negro, com a ajuda de alguns amigos, onde moradores do bairro podem expressar umas das poucas coisas que move muito de nossas vidas: o que fazer antes de morrer resultou no tema de sua tese na faculdade.

Como um projeto público e interativo que convida pessoas a participarem livremente de algo que fala sobre nossos sonhos e esperanças abertamente, sem medo, Before I Die é um movimento de liberdade e identificação com próximo.

Bem que poderia rolar uma edição dessas aqui no Brasil, hein?

Clique na nossa galeria q confira as respostas.

Barraquinha do café+bishcoito

Eram 15h40 quando eu e minha amiga Dani chegamos no quiosque da beira-mar pra montar nossa barraquinha. O pessoal do Sounds in da City já estava lá com tudo pronto, esperando tocar o sino das 16h para apertar o play no CDJ. O sol ainda alto, armamos nosso QG do TCRI numa dessas mesinhas de xadrez por ser a única permitida.

Aos poucos o pessoal foi chegando e tomando um pouco do nosso cafezinho, um pouco de uma gelada do quiosque, pegando um cookie aqui, dando uma volta. O lance era reunir todo mundo pra ouvir uma música e ficar admirando o mar, como fez o Guivos.
Já a Renatinha não se aguentou e foi distribuindo cartoezinhos do blog pela festa e pela beira-mar, vendendo mais dos cookies. O legal disso foi que ela acabou encontrando gente conhecido que apareceu pra dar um “oizinho”.  Teve gente que veio só pegar um cafezinho e acabou fazendo amizade. Tiveram outros, Zietz, que leram a sorte sorte de alguns, minha,  com os cartões de visita do TCRI. Um pouco de tudo das 16h às 21h30.
 A galera que tava no trote do Design UFSC também veio e agitou os ânimos com a presença do Bernado Bonelli Brazzalle, bebê mais fofo e simpático, o mais novo herdeiro do casal Gustavo e Kallani.
E bem, ao todo foram 82 cookies, muitos copos de café e várias fotos que vão estar sendo postadas ao longo do dia. O The Cook-Room Ideas agradece a cada um que compareceu na nossa mesa pra estar especialmente conosco, agradece aos que apareceram ao acaso por terem ido especialmente pro Sounds in da City ou aos que apareceram porque foram abordados pela Renata enquanto caminhavam tranquilamente na beira-mar! Foi muito divertido e espero que tenha rendido inúmeras risadas e bons momentos pra cada um.
Pra começar, clica aí na galeria de Instagrams que consegui fazer até acabar a bateria do celular e uma que Dani fez da nossa mesa ;)
%d blogueiros gostam disto: