Tag Archive | Design

Som de ferro

Artista Gráfico de Movimentos Analógicos, assim se denomina o singaporeano Afiq Omar. Numa série de três vídeos, juntou a captura de imagens que demonstram propriedades de ferromagnetismo e “sons de outro mundo”, como ele mesmo diz, com a ajuda de uma  5D Macro 100mm.

No segundo vídeo da série, Omar fez uso de produtos químicos com base de ferro, sabão, álcool e leite, focado nos efeitos visuais analógicos e sua interação com forças invisíveis.

Ferriene, a terceira e última etapa do experimento, manipula tais efeitos visuais usando técnicas simples de edição para criar gráficos de movimentos naturais e orgânicos. A paleta de cores é semelhante à de pele humana.

Música: Vetor por Riga

Música: Afogado por Riga

Música: Amp espaço por Riga

Relembrando alguns conceitos.

Para os amantes dos tipos,  achei um infográfico fofo e muito bom pra relembrar algumas coisas que a gente deixou lá no curso de design.

;)

226305949995776204_DANuxZMF_c

Gestalt

E a série da releitura de tudo que há na cultura pop não para.

Agora é a vez de Adri Bodor & Mark Szulyovszkyque com apenas três círculos brincam com a capacidade humana de juntar as peças do quebra cabeças e descobrir de personagens de desenhos animados, filmes clássicos do cinema a marcas consolidadas do século XX.

Apenas mais um passatempo para essa manhã de terça-feira com um pouco de sol aqui em Florianópolis.

Clique na nossa galeria e confira!

Propositalmente loucos.

A Wieden + Kennedy de Shanghai escreveu o roteiro e a produção ficou por conta do Shotopopde Londres. O objetivo era o mesmo: motivar pessoas a fazerem um teste de criatividade online e ter a chance de integrar a sua equipe (W+K).

O vídeo traduz um espírito meio que comum no meio criativo: a loucura e a anormalidade, com aquele conceito de que “se você não se encaixa no mundo, quem sabe aqui é o seu lugar e você ainda vai ser pago pra isso” (nossa!).

Talvez na Wieden+Kennedy isso seja possível. Talvez não. Mas refletir sobre o fato de que grandes artistas com toda sua loucura ajudam a alimentar a máquina capitalista com seus desenhos perfeccionistas, textos bem escritos e vídeos bem dirigidos, bem, isso é de dar um nó no cérebro.

Por enquanto a gente fica com a animação super colorida da W+K e vai digerindo a reflexão pro próximo café.

 

Lições do tio Jay

John C. Jay só é o diretor executivo de criação e sócio da Wieden+Kennedy que atende, numa de suas filiais em São Paulo, nada menos que alguns clientes como Coca Cola, Heineken, Levi’s, Marie Claire e Procter & Gamble.

A Wieden+Kennedy tem tem escritórios em Portland, Nova Iorque, São Paulo, Londres, Amsterdam, Delhi, Shanghai e Tokyo.

E o tio Jay entrou para o hall da fama do Art Directors Club  em 2011, que pra quem não conhece engloba e representa áreas de design, propaganda, produção de comerciais, ilustração, fotografia e educação e existe de 1971. Entre alguns dos nomes já premiados estão Walt Disney, Leo Burnett, Andy Warholl, Paul Rand, entre outros.

É coisa pra caramba. Mas como um bom mestre John não guarda segredos. Para chegar onde está, ele nos dá 10 dicas:

The Cook-Room na boca do povo.

Clint

Ontem rolou o trote do Design UFSC aqui do lado de casa. E uma vez Design UFSC, sempre Design UFSC (é o que dizem). Então não pude deixar de ir rever todo mundo e ser um pouco saudosista.

Rolou até um prévia do cafezinho de domingo. Curte aí as fotos!

É só clicar numa delas pra abrir a galeria ;)

Bom sábado!

%d blogueiros gostam disto: