Arquivo | Photo RSS for this section

Instantes de parede

Depois de lançar sua versão para o Android, o Instagram é a junção do sentimento saudosista de um tempo em que as coisas aconteciam fora das redes e, em contrapartida, gera uma nação de fotógrafos profissionais, capazes de captar a cena do inusitado do nosso cotidiano tão entediante.

Mas exceto pelos murais do Facebook, que são basicamente o único lugar em que podemos visualizar numa tela maior o conjunto das imagens do aplicativo, admirar essas frações da vida fica restrito aos nossos meros iPhones e celulares com o sistema Android.

Então o The Cook-Room Ideas foi atrás de ideias bonitas que juntassem os Instragrams impressos e encontrou várias coisas legais por aí, desde simples fotos coladas numa parede com fita desiva a quadros super bem emoldurados, scrapbooks e varais, e até uma almofada com tecido impresso.

Dê só uma olhada e inspire-se! Basta juntar os arquivos num pen-drive e levar numa gráfica rápida, ou naquele lugares que ainda existem em pleno 2012 para revelar foto de filme. O resultado com certeza é uma casa mais colorida e mais cheia de felicidade, que afinal, é feita de momentos.

 

 

 

Poesia de olhares

Terça-feira, chuva fina e nos fundos do Museu Histórico de Santa Catarina, Palácio Cruz e Sousa, algumas luzes lilázes criavam um cenário contemporâneo para o fotógrafo francês Marc Riboud

Nascido na cidade de Lyon e veterano da Segunda Guerra Mundial, dos combates de Vercors, Riboud estudou engenharia e chegou a trabalhar numa fábrica antes de dedicar-se à fotografia. Viajou pelo Oriente Médio, Afeganistão, Índia, China, a antiga URSS e cobriu eventos como a independência da Argélia e da África negra. Tendo o trabalho exposto em diversos museus, recebeu 2 prêmios do Overseas Press Club, o Time-Life Achievement, o Lucie Award, o ICP Infinite Award e o Sony World Photography Award.

 

Marc Riboud

Marc Riboud

 

A exposição mostra desde o bom humor do fotógrafo ao registrar detalhes como neve sobre as pedras da porta de casa, casais dançando, um pedaço do povo brasileiro até cenas históricas como a jovem americana em frente ao Pentágono num protesto contra a guerra do Vietnã.

 

Washington, Estados Unidos, 1967

Jovem em frente ao Pentágono

 

Um olhar sincero e poético que permanecerá no salão do museu de 15 de maio a 17 de junho. Uma parada necessária naquelas voltas pelo centro em que podemos viajar um pouquinho pelo mundo com o silêncio do casarão.

E o The Cook-Room Ideas esteve hoje no Vernissage vendo de perto as fotos e fazendo algumas outras para mostrar um pouquinho do está rolando por lá.

 

Uma das seções da exposição

Uma das seções da exposição

 

Pris e Will. A Pris ajudou na organização da expo e o Will foi junto como bom amigo que é!

Pris e Will. A Pris ajudou na organização da expo e o Will foi junto como bom amigo que é!

 

Salão do Palácio Cruz e Sousa

Salão do Palácio Cruz e Sousa

 

Arredores do Museu

Arredores do Museu

 

Fundos do Museu

Fundos do Museu

 

Detalhe

Detalhe

 

Realizado pela Aliança Francesa junto ao Ministério da Cultura, os horários para visitas da exposição são de terças às sexta-feiras, das 10h às 18h, e aos sábados e domingos, das 10h às 16h.

Colchões de Walthamstow

Lindsay Lohan

Depois de um longo feriado, o TCRI volta com uma reportagem pra lá de bizarra. Mas vou dizer que quando li a sugestão de matéria enviada por mais um dos Wilde Boys de Crew (CWB) (única tradução pra essa sigla coritibana), encontrei um fio de esperança para humanidade nessa essência de bom humor que permanece ao longo dos tempos.

Bem, primeiro precisamos aprensentar Walthamstow, também conhecido como Awesomestow, que se situa originalmente no norte da França e foi conquistada pela rainha Victoria numa aposta com Napoleão III em 1852. O que aconteceu em Walthamstow foi uma problema que assolou a comunidade local: o abandono de colchões, seja por mudanças de casa dos proprietários, falecimento, ou apenas a aquisição de um colchão melhor. São, acreditem, deixados à própria sorte, submetidos à eutanásia, alguns adotados ou quando muito sortudos, conseguem uma vaga em algum abrigo.

Sem conseguir provar a veracidade dessa história, podemos apenas dizer que existe um movimento no Facebook e até um vídeo para conscientização da população para que não abandonem mais colchões.
E você pensou que parava por aí? Não mesmo. Como se não fosse suficiente toda a gama de besteirol dos 9gag’s e fuckyeahdementia da vida, algum sujeito teve um maravilhoso insight ao comparar celebridades com colchões numa simbiose entre cor e forma. Algo que só é explicável com as imagens a seguir.
Lindsay Lohan

Lindsay Lohan não poderia escapar. 

Todos nós já conhecemos a Lindsay na sua fase fofinha quando fazia filmes para Disney. Aqui ela aparece no ápice de um momento intimista, em busca de sua essência em posição fetal. Alguém explica pra ela que cigarro não rola no útero?

Sandra Bullock

Sandra Bullock radiante.

Essa foi uma das melhores comparações ao meu ver pois tudo combina. A iluminação e os tecidos em equilíbrio perfeito. Se Sandra Bullock fosse um colchão, com certeza esse é o favorito na projeção pessoa-colchão.

Rihanna

Rihanna

Aqui, numa situção meio antes-depois de ter levado uma pequena surra do, agora-aclamado-pelas-adolescentes-que-não-viveram-o-episódio, Chris Brown no canto de uma esquina suja, Rihanna mostra que saiu por cima dessa e está inteira. E o vestido também (sofreu aquela reforminha básica).

Queen Elizabeth II

Queen Elizabeth II

Como não poderia faltar, a rainha Elizabeth num dos seus conjuntinhos com mais de 24 botões, aparece com uma companhia da Marinha (imagino que esse seja o uniforme deles).

Jessica Simpson

Jessica Simpson

Numa elegância de dar inveja, Jessica Simpson está claramente copiando esse colchão que, assim como ela, visivelmente já teve seus dias de glória.

Britney Spears

Britney Spears

Ironicamente Briney escolhe o modelinho “atrás das grades” num vermelho que remete aos seus dias de garotinha do interior.

Alan Cumming

Alan Cumming

E como não poderia faltar um dos 8 atores da Grã Bretanha, Alan Cumming vem mostrando toda sua escocilidade num terno puramente xadrez e fazendo jus ao seu trio de eu-matress de Walthamstow.

Mas as comparações não param por aí. Quem quiser conferir, tem mais no album do Facebook. E fica a dica, é claro: quem precisar de colchão  mas tá com a graninha curta, dá uma passadinha em Walthamstow e vê qual combina mais com seu outfit favorito.

What if…?

E se os bebês flutuassem? A fotógrafa Rachel Hulin gostou da idéia e materializou a idéia nessa série de fotografias nomeada “Flying Babies”.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

%d blogueiros gostam disto: